Notícias

Raiva humana coloca o Pará em estado de alerta. 4 pessoas já morreram

  • Nenhum comentário

Portal das Gerais- O seu portal de Segurança Pública e Notícias

Morreu na manhã de hoje, a quarta criança vítima do vírus da raiva humana no Pará. A informação foi divulgada pela SESPA (Secretaria de Estado de Saúde). A criança estava internada no Hospital da Santa Casa e tinha 10 anos. Esse foi o quinto caso confirmado entre 14 notificações da doença em Melgaço, no Marajó. Dos cinco diagnósticos positivos, quatro morreram e um paciente permanece internado em estado grave.

Na região conhecida como Pimental, a 70 Km de Melgaço, cerca de mil pessoas estão sendo vacinadas em caráter de urgência e recebem mosquiteiros, para evitar a mordida de morcegos hematófagos.

Os sintomas da doença são: febre alta, dispneia (dificuldade de respirar), cefaleia (dor de cabeça), dor abdominal e sinais neurológicos - paralisia flácida ascendente, convulsão, disfagia (dificuldade de deglutir), desorientação, hidrofobia e hiperacusia (sensibilidade a sons, principalmente agudos).

O Ministério da Saúde já direcionou para a região, 2 mil doses de vacinas antirrábicas e mais 600 frascos de soros antirrábicos.

A Sespa acaba de emitir um alerta de epidemia de raiva humana para os 13 Centros Regionais de Saúde do Pará, para que seja intensificada a identificação precoce da existência de agressões por morcegos hematófagos em humanos ou em animais no peridomicílio.

Segundo a Sespa, casos confirmados de raiva humana no Pará não ocorriam desde 2005, quando 15 foram registrados todos infectados por transmissão de morcego hematófago.

alerta criança epidemia hematófago humana infectados internada morcego morreu óbitos pará portal das gerais raiva saude segurança pública Minas Gerais policia civil MG portal das gerais rede gerais de radio transmissão vacinas